A corda bamba dos meus pensamentos


   De acordo com o Dicionário Informal, pensamentos são uma forma de processo mental, ou seja, podemos concluir que há etapas a serem cumpridas antes de um pensamento ser concluído, e são justamente essas etapas que eu considero uma corda bamba. 
   Os dois lados da corda ficam a seu critério, eu tenho alguns: razão e emoção, certo e errado, espiritual e secular. O viver em equilíbrio sempre é muito comentado, porém a crise interna que isso causa não é tão pautado e é isso que eu tento explicar hoje em forma de texto. 
   Alguns dos meus dias me vejo na crise interna que comentei no parágrafo acima e passo horas comigo mesma tentando entender o que eu sinto, tentando respeitar a dança dos meus sentimentos. Eu os observo como alguém que aprecia um espetáculo das primeiras cadeiras: Atenta. Percebendo todos os movimentos formados. Comento com o Homem sentado ao meu lado, Ele: "É tão singular, as vezes belo e as vezes dolorido". Ele já sabendo disso me olha e responde: "Sim filha, mas estou aqui pra te ajudar a colocar as coisas no lugar e te ajudar a se compreender."
   Essa etapa do autoconhecimento não é muito comentada nas redes sociais, onde você olha pra dentro de si e tenta mexer em cada caixinha que sua mente tenta esconder de todas as formas. No meu caso está sendo um trabalho em equipe: eu, Deus e minha psicóloga. A sensação de eu estar aos poucos me compreendendo? Bom, posso resumir a libertadora. Exige muita paciência e respeito por si mesmo, mas estou orgulhosa de mim e se você se identificou com esses processos e está aí, lutando, também estou orgulhosa de você.








Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas