A produtividade sendo sua maior inimiga



   Nos últimos tempos o que a gente tem mais visto na redes sociais são assunto ligados a produtividade, como dicas, posts motivacionais e entre outros, e eu acho super importante ter esses assuntos, tanto que nos últimos dias eu trouxe esse tipo de conteúdo aqui no blog, mas eu também acho tão importante quanto falar em como nós podemos entrar nessa neura de precisar ser produtivo sempre e acabar com nossa saúde mental. 
   Quando nós entendemos que precisamos nos motivar para fazermos nossas tarefas, termos ânimo e força, isso nos ajuda a dar o pontapé inicial para sairmos da inércia que a desmotivação e a procrastinação nos proporciona, porém se nós não lidarmos com a produtividade com equilíbrio, nós iremos voltar para o mesmo desânimo, sabe por quê? Porque nós também precisamos de lazer ao longo do nosso dia. 
   Para evitar que esse tipo de acontecimento venha à tona, o planejamento do nosso dia é extremamente importante (cheguei nessa conclusão conforme eu fui testando métodos). De segunda a quarta eu tenho aula online da faculdade, que acaba umas 11:50. Depois disso, eu tiro um tempo de lazer pra mim, vou dançar, ler, ver vídeos e etc., depois vou tomar um banho, almoçar e só então irei começar as tarefas do dia, ou seja, eu tenho um ato que marca (no caso é o banho porque tem dias que eu almoço mais tarde), e depois dele eu já entendo que é hora de começar a realização das tarefas, e claro, faço pausas durante essas tarefas! Se eu começasse a fazer tudo logo depois da aula, sem pausas e de maneira frenética, eu iria ter uma produtividade baixa, já que estudos comprovam que nós não conseguimos ter foco total em algo depois de 90 minutos. 
   É importante ressaltar também que não serão todos os dias que iremos ser produtivos e está tudo bem. Há dias em que nosso emocional pede por mais atenção, que nosso corpo pede por um tempo maior de lazer e é de extrema importância respeitar também esses dias. Respeite seus limites! Estamos passando por um isolamento social que nos deixa muito mais estressados, não se culpe. 



Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas