AS RELAÇÕES DE "AS CRÔNICAS DE NÁRNIA 1" COM O EVANGELHO

O assunto de hoje será abordado diferentemente... Como já foi dito no título irei analisar o filme "Crônicas de Nárnia- O leão, a feiticeira e o guarda-roupa", mas com um olhar sob o evangelho, ou seja, irei comentar as partes que tem alusão a várias passagens da bíblia.

Bora!





1°: Gelo x Fogo
O elemento natural da feiticeira, que esta representa o Diabo e também o "mundo", é o gelo, pois a neve e o frio extremo causam muito desconforto. Percebe-se ainda que as cenas da floresta congelada eram bem escuras se comparada a quando Aslan (representado por Jesus) reaparece, que em contrapartida, o elemento é o "calor". O gelo se derrete e a natureza vai ganhando vida, e isso remete muito a nossa vida, pois o amor e a presença dEle é algo que queima os nossos corações.


2°: Edmundo encontra a feiticeira
Lúcia já tinha ido para Nárnia e não se deparou com a Rainha, mas Edmundo dá logo de cara com ela... por quê? A minha interpretação é que ela tinha o coração bondoso e foi amorosa desde o principio, porém ele estava tomado de ódio e, até mesmo com inveja de Pedro, seu irmão. A feiticeira usa a fraqueza de Edmundo para o convencer de levar todos os seus irmãos para seu reino, e ainda usa o desejo de sua comida preferida para prender sua atenção, oferecendo um reino compartilhado, ou seja, Pedro seria seu servo. Isso me lembra muito o que Satanás faz. Ele usa nossa fraqueza, sempre procurando brechas para nos tentar e parece ser muito confortável no inicio, mas depois percebemos a grande ilusão.


3°: Momentos antes da ressurreição
Antes do Leão ressurgir dos mortos, ele estava representado como Jesus enquanto estava na Terra, um exemplo é quando a feiticeira o indaga ironicamente se ele ainda lembra das leis de Nárnia e ele responde que estava presente quando estas foram escritas.
"No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.
Ele estava no princípio com Deus."
João 1:1,2



4°: Ressurreição 
Todo o caminho de Aslan para a mesa de pedra é muito semelhante ao caminho da cruz feito por Jesus. A rainha ainda manda de arrancar a juba de Aslan como uma forma de o envergonhá-lo, e com o mesmo próposito, também tiraram as roupas de Jesus. Depois de ressurgir da morte, o Leão diz "Se a feiticeira soubesse o real significado de sacrifício talvez tivesse interpretado a Magia profunda de outra forma. Ao executar um inocente, vítima voluntária, em vez do traidor, a mesa de pedra se partirá, e até a própria morte será revertida." Um dos motivos da ressurreição de Jesus também foi para que nossos pecados fossem levados com Ele, eliminando toda a nossa culpa!




*Não considero o filme todo "cristão" pois como é um filme de aventura há bastante fantasia, porém achei interessante comentar sobre as relações com a Palavra,  já que me edificou muito! <3



Espero que vocês tenham gostado! Curtam a página do Facebook: Um Pouco De Cada Mundo, e sigam no Instagram: @umpoucodecadamundoblog

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas